Pantera Negra Avatar.png

TRABALHOS
Espirituais de Quimbanda

A Quimbanda é uma arte de feitiçaria brasileira fundamentada sobre o culto de ancestrais espirituais, antigos xamãs, bruxos, magos, feiticeiros e alquimistas, poderosos mortos deificados conhecidos como Exus e Pombagiras. Para solicitar o serviço de um kimbanda da Quimbanda Nàgô você deve agendar com ele uma consulta espiritual. Nós da Cova de Cipriano Feiticeiro e Templo de Quimbanda Maioral Exu Pantera Negra e Pombagira Dama da Noite não trabalhamos com tabela de preços de trabalhos. A Quimbanda Nàgô não opera através de receitas de feitiços. Cada caso é particular, individual e orientado através do oráculo.

WhatsApp: 24 9 9264 7825

Set-Apep 213.JPG
Set-Apep 195.JPG
Set-Apep 212.JPG
IMG_20210506_222626.jpg
Set-Apep 205.JPG
Set-Apep 211.JPG

CONSULTAS
Espirituais de Quimbanda

Set-Apep 119.JPG
Set-Apep 120.JPG

CABALÁ DE EXU
Oráculo de Búzios da Quimbanda Nàgô

O jogo de búzios na Quimbanda Nàgô, a Cabalá de Exu, é um oráculo desenvolvido para comunicação com Exu e Pombagira a partir das influências da cultura yorùbá. Sua origem é afro-brasileira e sua estrutura abrange os Sete Reinos da Quimbanda, os Povos de Exus e Pombagiras e os Maiorais de Quimbanda. Este oráculo foi criado e desenvolvido para Quimbanda e observa a cabalá hermética do septenário, utilizando apenas 7 búzios ou múltiplos de 7.

O oráculo é uma poderosa ferramenta de apoteose teúrgica na Quimbanda. A feitiçaria tradicional brasileira possui inúmeras ferramentas (tecnologias) para deificação da alma, a mais poderosa delas sendo o conhecimento e a conversação com os Exus e Pombagiras. Uma vez que o oráculo de Quimbanda Nàgô, a Cabalá de Exu, trata-se de um instrumento de comunicação com os Poderosos Mortos através do processo de divinação, é um meio eficiente de trabalhar a alquimia necromântica do Culto de Exu na alma, o processo de deificação. Na divinação com a Cabalá de Exu o kimbanda satura sua alma com a Luz Negra emanada dos Exus e Pombagiras e que invade seus cruzeiros internos, enriquecendo-os com as virtudes deles e dos Sete Reinos. A deificação da alma é um processo de saturação alquímica que leva a sua apoteose, quando ela se torna um grande Cruzeiro de Luz Negra.

Os consulentes que procuram Táta Kamuxinzela geralmente são pessoas que se encontram em uma encruzilhada na vida, que lutam com uma escolha difícil, que buscam esclarecimentos e insights sobre uma situação, que exigem confirmação de informações espirituais, que cultivam o autoconhecimento e pessoas que procuram a divinação por centenas de outras razões profundamente pessoais. Muitos de seus consulentes também são pessoas que usam a divinação para benefício criativo e profissional: ritualistas tentando estruturar e desenvolver suas práticas mágicas; gerentes que refinam suas habilidades de liderança e formação de equipes; psiconautas que desejam explorar e integrar experiências psicodélicas com plantas de poder.

A abordagem de Táta Kamuxinzela de divinação oracular enfatiza e oferece  aconselhamentos e soluções práticas, além de revelar, enquadrar e explorar padrões mais profundos que podem não ser óbvios. A identificação de padrões cria oportunidades para refinar estruturas úteis na vida de alguém e para adaptar e quebrar ciclos de comportamento e hábitos nocivos. Utiliza-se uma variedade de imagens e conceitos inter-relacionados para recomendar ações que podem ser tomadas para aproveitar essas oportunidades de autoconhecimento, capacitação e realizar mais plenamente as paixões e os objetivos.

A Cabalá de Exu é um oráculo que abrange todos os caminhos e encruzilhadas de poder da árvore da vida, micro ou macrocósmica. Exu percorre todos os sendeiros da árvore da vida, adentra a cada um de seus palácios, disso ele tem dado prova na Quimbanda, na Umbanda, na Jurema Sagrada, no Santo Daime, no xamanismo urbano e tribal ameríndio  e no Candomblé. Exu vai onde quer; Exu não é patrimônio de ninguém. Exu é Caminho, é Vida e é Liberdade! Em cada um desses caminhos e encruzilhadas, Exu e Pombagira apontam saídas, recomeços, estratégias e a tecnologia mágica capaz de lacrar ou deslacrar, construir ou destruir, unir ou separar, curar ou adoecer, fortalecer ou enfraquecer.

INICIAÇÃO
& Treinamento Espiritual

Set-Apep 206.JPG

O Templo de Quimbanda Maioral Exu Pantera Negra e pombagira Dama Da Noite oferece iniciação e treinamento magístico a iniciantes. Iniciação e treinamento é através da feitiçaria tradicional brasileira, a tradição de Quimbanda. Sistemas prontos ajudam alguns em fase de desenvolvimento magístico; no entanto eles podem viciar o buscador que fará pouco ou quase nenhum esforço para descobrir e executar sua magia pessoal. Esse é o fundamental objetivo dessa iniciação e treinamento espiritual: fazer de aprendizes feiticeiros que caminham sobre as próprias pernas.

Tradicionalmente, desde os primórdios da magia, quatro são os passos fundamentais de inserção na Arte dos Sábios: 1. o estudante se prepara intelectualmente para chegada do mestre; 2. com a chegada do mestre ele se torna um aprendiz e inicia sua interação com os espíritos; 3. de posse do conhecimento arcano lhe transmitido pelo mestre, o aprendiz se torna um adepto no conhecimento e conversação com espíritos; 4. tendo adquirido proficiência o adepto se torna um mestre, oferece sua ciência a clientes e auxilia outros aprendizes na jornada.

A iniciação e treinamento na feitiçaria tradicional brasileira, a tradição de Quimbanda, conferida pelo Templo de Quimbanda Maioral Pantera Negra e Pombagira Dama da Noite (e Ordem Negra de Quimbanda) ocorre de três a sete dias. Na primeira etapa o iniciante passa pelos seguintes procedimentos: 1. ebó de limpeza e proteção; 2. prestação de contas as almas através de sacrifícios propiciatórios aos ancestrais/égún; 3. apresentação aos Sete Reinos de Quimbanda e as Legiões de Exus e Pombagiras; 4. cruzamento de pemba; 5. batismo de armas (mão-de-corte de aves e animais de quatro patas); 6. sacrifício propiciatório ao Exu Tutelar (calçamento das patas do bode ou corte de aves). No curso da iniciação é assentado o Exu Tutelar do iniciante. Após a iniciação o adepto leva seu assentamento pronto, imantado e consagrado, uma quartinha, um brajá na linha do Exu Tutelar e as armas de trabalho. Após essa iniciação o feiticeiro-kimbanda está pronto para caminhar sobre as próprias pernas, estando completamente independente. Como uma genuína tradição de mão esquerda, a Quimbanda opera por meio de clãs familiares e o contexto de iniciação pode mudar de família para família.

Set-Apep 214.JPG
Set-Apep 215.JPG