top of page

Cuidando de Exu
Programa d
e Mentoria
Turma 1: 2023

Proposta

 

É verdade que a Quimbanda é para todos? Não é verdade! Essa afirmação é um despautério. A Quimbanda não é para todos porque nela existe um alto grau de diabolismo, demonologia e demonolatria. Fale a verdade: em nossa nação e cultura ortodoxa cristã o diabolismo, a demonologia e a demonolatria são para todos? Só um descarado diria que sim.

 

Por outro lado, a Quimbanda é a genuína Casa de Exu, porque é fato que a tradição desenvolveu um culto focado no trabalho com Exu e Pombagira. É na Quimbanda que Exu e Pombagira puderam ser efetivamente o que são, o que também possibilitou explorar a totalidade de seus potenciais. A Quimbanda desenvolveu codificações de acesso a Exu e Pombagira que não existem em nenhuma tradição religiosa nascida da diáspora africana e que operam com Exu e Pombagira.

 

Muitos não têm estômago para suportar a densidade telúrica e ctoniana da Quimbanda; o cheiro da morte, do enxofre, da pólvora e do fumo; o marafo, o dendê e o caldeirão em chamas. Outros têm desejo ardil pela Quimbanda, mas não têm caminhos de acesso a tradição. Outros têm ojeriza ao fato de ter de lidar com demônios. Todos estes que não podem se associar a Quimbanda por um motivo ou por outro, podem entretanto cultuar Exu em seus lares ou nos seus respectivos pontos de força.

 

Nessa mentoria eu, Táta Nganga Kamuxinzela, Mestre de Quimbanda Nàgô e Quimbanda Mussurumim, vou entregar a vocês, integrantes do programa, chaves de acesso legítimas e secretas da Quimbanda que não só lhe permitirão se comunicar efetivamente com Exu e Pombagira, mas a cuidar deles e até mirongar com eles.

 

A intenção dessa mentoria é capacitar pessoas que verdadeiramente desejam cuidar de Exu e Pombagira em seus lares, com conhecimento e na posse de tecnologias mágicas que verdadeiramente possibilitam a conexão e o contato com estes espíritos da cultura mágica brasileira.

 

O programa de treinamento envolverá oito encontros pelo Zoom, organizados em três partes, e foi baseado em um pilar basilar da Quimbanda, um tripé seguido por qualquer neófito na Quimbanda.

 

Estrutura: O Tripé do Neófito

 

  1. Saber se comunicar com Exu.

  2. Saber cozinhar para Exu.

  3. Saber mirongar com Exu.

 

Nem todos estarão aptos a executar com proficiência esse tripé basilar do Culto de Exu, porque como veremos, eles dependem de algumas tecnologias mágicas fundamentais. Mas você poderá adquiri-las separadamente do programa de mentoria. Isso ficará claro abaixo:

 

Programa #1: saber se comunicar com Exu

 

Saber se comunicar com Exu é a tarefa fundamental de estudo de um aprendiz e o meio mais adequado de comunicação com Exu para um aprendiz é o oráculo conhecido como ẹrin, palavra yorùbá que significa quatro, pelo fato deste oráculo conter quatro búzios abertos.

 

Esse oráculo será consagrado por mim, Táta Kamuxinzela, na força do Exu tutelar de cada participante do programa, e enviado pelos correios com uma guia batismal também consagrada por mim, a cada um.

 

Atenção nesse ponto importante: veja que a guia batismal e o oráculo são consagrados na linha de trabalho individual de cada Exu tutelar dos participantes do programa. Isso significa que nenhum dos participantes estará, em tempo algum, associado diretamente a Quimbanda ou a família Cova de Cipriano Feiticeiro. Em outras palavras, cada participante estará livre para cultuar Exu sem estar conectado a qualquer casa, templo ou gregóri (egrégora).

 

Para cada participante eu, Táta Kamuxinzela, estarei abrindo o Alàgbá de Exu para saber quem são seus Exus tutelares. Tanto o oráculo quanto a guia batismal serão consagrados na força e sob a tutela e instrução de cada Exu dos participantes.

 

Além do oráculo, os participantes do programa aprenderão um método de comunicação onírica com Exu chamado incubação, onde se pretende receber mensagens, avisos e instruções do Exu tutelar através dos sonhos. O motivo de inserir este método na mentoria é que junto ao uso do oráculo, uma percepção mais intuitiva começa a se estabelecer com o Exu tutelar.

 

O programa #1 será distribuído em três aulas de mentoria:

 

Aula 1. Se comunicando com Exu: Nessa aula vamos ver em linhas gerais os métodos convencionais mais utilizados na comunicação com Exu, introduzindo o tema do oráculo e da incubação.

Aula 2. Oráculo: Nessa aula vamos conhecer o ẹrin, oráculo para neófitos que desejam estabelecer conexão e comunicação com Exu.

Aula 3. Incubação: Nessa aula vamos conhecer um método onírico para receber mensagens e instruções de Exu através dos sonhos.

 

Programa #2: saber cozinhar para Exu

 

Você é um desses que toda segunda ou sexta feira faz um padê para Exu com farinha e dendê, um copo de cachaça e um charuto de R$2 (dois reais)? Só isso? Seu Exu não passa só fome, você dá a ele uma ração semanal. Será que Exu vai fazer o que você espera com essa porcaria de miséria? Você não tem vergonha? Você não tem brio?

 

Nesse programa você vai despertar deste sono decadente! Você irá aprender a cozinhar para seu Exu tutelar a comida que ele quer comer e a realizar a oferenda que ele deseja para ajudar você em seus caminhos enquanto na legião dos vivos.

 

Existem mais de cinquenta tipos diferentes de padês para Exu. Cada um desses padês têm finalidade energética própria para fins muito bem definidos. Você aprenderá um dos segredos mais bem guardados da Quimbanda: a combinação energética de elementos no feitio de um padê.

 

Mas Exu não come só padês! Exu come muito mais: são carnes, peixes, frutas, grãos etc. utilizados para os mais diversos fins: abertura de caminhos, sorte no amor, sorte no jogo, batalhas judiciais, proteção espiritual e muito mais.

 

O programa #2 será distribuído em duas aulas de mentoria:

 

Aula 4. O padê de Exu: Nessa aula vamos ver tipos diferentes de padês, suas combinações energéticas e finalidades magísticas.

Aula 5. Frutas, carnes e outras comidas de Exu: Nessa aula vamos conhecer mais da culinária de Exu e pratos mais alinhados as linhas de trabalho dos Exus.

Programa #3: saber mirongar com Exu

 

Como vimos anteriormente, a Quimbanda desenvolveu uma tecnologia de acesso intricada para trato e comunicação com Exu e Pombagira. As firmezas de Exu são receptáculos vibracionais construídos como moradas de poder dos Exus, onde eles comem e recebem suas oferendas. Eu, Táta Kamuxinzela, estarei ensinando aos participantes do programa uma tecnologia mágica da Quimbanda Nàgô chamada de Aluvaiá, que permitirá a cada um construir a zona de poder do Exu tutelar.

 

Os elementos que constituem essa morada de poder carregam fundamentos práticos de feitiçaria. A partir desses elementos e outros será possível construir medicinas mágicas como sabãos, pós, óleos, banhos, saumérios, pantacléias, plasmas etc., condensadores fluídicos de força mágica para questões diversas da vida secular e espiritual.

 

O programa #3 será distribuído em três aulas de mentoria:

Aula 6. Firmeza a morada de poder do Exu: Nessa aula vamos falar sobre a construção e os elementos de uma firmeza de Exu conhecida como Aluvaiá.

Aula 7. Cuidando de Exu diariamente: Nessa aula vamos abordar os cuidados diários de Exu e meios eficientes de potencializar nossa comunicação.

Aula 8. Revisão do conteúdo tirando dúvidas: Nessa aula poderemos revisar todo o conteúdo, vamos tirar dúvidas e acrescentar conhecimento advindo de nossas experiências.

 

Aulas

As aulas de mentoria serão reuniões virtuais via Zoom. Elas serão todas gravadas e disponibilizadas aos membros que não conseguiram participar dos encontros.

Um grupo de apoio no Telegram foi criado para tirar dúvidas.

Participação

O valor do investimento para participação deste programa de treinamento é R$777 (setecentos e setenta e sete reais) à vista, ou R$999 (novecentos e noventa e nove reais) parcelado no cartão de crédito em até 12 vezes.

Os interessados deverão requerer o link de pagamento por cartão ou os dados para depósito diretamente no meu WhatsApp: 24999320636.

Táta Nganga Kamuxinzela

Cova de Cipriano Feiticeiro

bottom of page